Agência de Marketing Digital em Salvador atendendo Aracaju e demais regiões do Brasil, referência em Criação de Sites e Inbound Marketing.

3 dicas infalíveis de como gerar tráfego orgânico

Postado em 5 de junho de 2024 | por
na categoria Notícias
tags , ,
com 0 e 0

As estratégias digitais para aumento do tráfego orgânico devem ser consideradas em qualquer plano de marketing digital. A ideia é que a empresa também consiga alcançar importantes objetivos no digital sem investir uma verba específica para isso. E, no mundo dos negócios, economizar no orçamento é sempre uma boa ideia. Então, leia esse artigo para conhecer como funciona esse mecanismo e para ter acesso às mais eficientes dicas de como gerar tráfego orgânico. 

Tráfego orgânico: por onde começar?

Atrair leads qualificados é um dos principais desafios do marketing digital. Se você quer aumentar suas vendas, precisa tornar a sua marca conhecida por mais clientes potenciais. Você pode fazer isso por meio do Search Engine Marketing (SEM), ou seja, utilizando as ferramentas de busca da web, como, por exemplo, o Google. Aqui, o especialista em marketing digital aproveita todo o seu conhecimento técnico, para implementar recursos de SEO on-page e off page, a fim de alcançar mais visibilidade e aparecer em posição de destaque nas páginas dos buscadores.

SEOImplementar estratégias para gerar tráfego orgânico, então, significa aumentar o tráfego para o site com o uso de técnicas de SEO prioritariamente. Quanto mais relevante o seu conteúdo, mais chances de ele aparecer nas primeiras posições do Google. Lembrando, claro, que os anúncios sempre aparecerão primeiro. Mas para que os seu conteúdo seja relevante, é fundamental apostar na otimização de sua qualidade. Ou seja, o seu conteúdo precisa atender às diretrizes do buscador, à experiência do cliente e também ser melhor do que aquele oferecido pela concorrência

Porém, mesmo que você adote as melhores ações de como gerar tráfego orgânico, precisa entender que os resultados não são imediatos. As estratégias normalmente levam um certo tempo para gerar impacto, porque o Google precisa construir um conceito de qualidade sobre o conjunto de seu conteúdo (incluindo-se as ações de programação, layout e texto). O legal é que, nesse caso, como já antecipamos, você não vai precisar pagar para aparecer em destaque. 

Dessa forma, quando falamos em crescer o tráfego orgânico e gerar aumento na taxa de conversão, precisamos considerar aspectos como a relevância, a otimização assertiva, o conteúdo direcionado para a etapa do funil de vendas e muito mais. E, por fim, não dá para traduzir o marketing digital apenas em indexação de palavra-chave e tráfego orgânico. Muito embora esse texto trate especificamente desse assunto, você precisa ter em mente que tudo gira em torno de nutrir e se relacionar com o cliente ou lead. 

Aprenda como gerar tráfego orgânico sem erro

Resumindo o que falamos até aqui, gerar tráfego orgânico é fazer com que a página da empresa apareça em destaque nas posições do Google. Mas sem pagar para estar ali, apenas utilizando estratégias que façam o próprio buscador identificar a qualidade da página e oferecê-la como resposta às buscas dos clientes potenciais.  

Então, como fazer isso de forma eficiente e assertiva, sem cometer falhas? Seguido essas 3 dicas. 

1. Domine os conceitos atrelados às intenções de busca

A palavra-chave do conteúdo que você oferece deve ter conexão com a intenção de busca. Ou seja, não adianta ter um conteúdo de alta qualidade, recheado de links e otimizado para o SEO, se você não pensou nessa relação.

Ao produzir um conteúdo, a empresa deve questionar o que seu potencial cliente quer ler e, então, verificar a intenção de busca por trás desse conteúdo e a palavra-chave que melhor traduz isso. Quanto melhor você fizer esse ajuste, mais qualificado será o seu conteúdo e, consequentemente, melhor o posicionamento dele no Google. 

2. Aposte nos backlinks

Backlink é um link externo que aponta para o seu site. Ou seja, é quando outro site faz referência ao seu, mostrando que seu conteúdo tem relevância para ele. Isso ajuda na construção de autoridade, porque quanto mais links externos, maior a interpretação do buscador sobre a qualidade do seu conteúdo.  4

BacklinkÉ importante, portanto, fazer um trabalho intensivo de link building, a fim de construir essa rede. Assim, quando buscador fizer a sua rotineira varredura pela internet, conseguirá rastrear os links que são feitos para o seu site. Isso implica na classificação de seu conteúdo.  

Algumas estratégias comuns de link building são os guests posts, links nos sites de clientes, analisar os hiperlinks para concorrentes etc. Além disso, existem ferramentas específicas para ajudar nesse trabalho. Mas tudo isso deve ser feito de maneira inteligente e com técnica. 

3. Faça o monitoramento, controle e ajustes necessários

Você deve fazer o acompanhamento contínuo do desempenho de seu conteúdo com as palavras-chaves utilizadas, porque o ranqueamento é um processo dinâmico. Ou seja, o posicionamento pode mudar de um dia para o outro. Portanto, fazer esse acompanhamento permite que você identifique como estão os seus resultados. Ao perceber uma queda no ranqueamento de uma palavra-chave importante, promova imediatamente ajustes para incrementar o seu conteúdo e torná-lo competitivo de novo para o Google. 

Além disso, monitore também os indicadores de desempenho para levantar os dados estatísticos e, assim, pode pensar em novas estratégias. Por exemplo, a quantidade de visitas ao site, as páginas mais acessadas, a taxa de rejeição; o custo por clique, as origens das visitas, a taxa de conversão etc. 

E aqui vai uma dica extra. Se você não domina essas estratégias, entre em contato com a agência Abrasivo Digital, que é especialista em estratégias para crescimento no online. 

x