Metas SMART: o que são, importância e como aplicar

Postado em 27 de junho de 2022 | por
na categoria Marketing
tags , ,
com 0 e 0
Aumente sua produtividade com as metas SMART

Aumente sua produtividade com as metas SMART

Ter metas bem definidas é fundamental para qualquer empresa, pois elas ajudam a direcionar os esforços dos colaboradores rumo a objetivos comuns. Quando as pessoas conseguem enxergar onde querem chegar, escolher o caminho se torna mais simples. Mas apesar de parecer uma tarefa fácil, traçar metas requer bastante atenção e conhecimento do gestor. Nesse contexto, as metas SMART surgem como uma ferramenta, pois são uma metodologia de definição de metas a partir de cinco características.

Assim, antes de definir qualquer meta para sua empresa, você precisa considerar que ela atenda a certos fatores, que são: S (específica), M (mensurável), A (atingível), R (relevante) e T (temporal). A definição dessas metas inteligentes farão toda a diferença no planejamento estratégico de sua empresa e também no planejamento estratégico de marketing

Qual a importância de ter metas SMART?

Todo mudo fala em metas, mas você já parou para analisar qual o real sentido delas e por que são tão relevantes? Primeiramente, as metas servem como um norte. Se você possui metas claras e palpáveis, você consegue fazer com que todos do seu time atuem conjuntamente para atingi-las. Portanto, aqui já se mostra clara uma das grandes vantagens de possuir metas, que é motivar e estimular as pessoas envolvidas na tarefa. 

Além do estímulo em si, as metas também aumentam a produtividade da equipe. Os colaboradores que têm metas a cumprir têm foco e já organizam toda a rotina de trabalho em prol dele. Por outro lado, imagine uma equipe sem saber o que precisa alcançar? As energias se disseminam em sentidos diversos, e ficam todos perdidos.

A partir do momento e que você define a meta, começam a surgir formas variadas de alcançá-la. Daí, você pode então analisar cada alternativa, mensurar seus prós e contras, e decidir a melhor estratégia, a que se mostra mais eficiente para aquele caso concreto.

Conheça e aplique metas SMART na empresa

Conheça e aplique metas SMART na empresa

O que são metas SMART e como aplicá-las?

A sigla SMART traz as cinco palavrinhas mágicas que devem nortear a definição de qualquer meta. A expressão em inglês diz que toda meta precisa necessariamente ser:

S — specific, ou específica
M — measurable, ou mensurável
A — attainable ou atingível
R — relevant, ou relevante
T — time based, ou temporal

Ou seja, você precisa cumprir todo esse checklist para criar uma meta, a fim de que ela seja possível. A tarefa demanda estudo, requer que o gestor se debruce sobre o tema, porque a questão não é apenas estabelecer metas, mas também envolver a equipe e demonstrar que elas são reais. Agora vamos falar especificamente de cada uma dessas características das metas SMART.

S — specific, ou específica

Suas metas precisam ser específicas, ou seja, claras, objetivas, diretas. A equipe precisa compreender exatamente o que ela representa, seu significado. Por exemplo, não basta estabelecer como meta o aumento do lucro.

Para conseguir criar um plano que dê resultados, você precisa quantificar isso e, ao mesmo tempo, definir outras questões. Ou seja, deve pensar em quem estará envolvido nessa meta; quais ações você pretende adotar para chegar ao resultado; qual a importância da meta e o impacto da sua conquista nos negócios etc.

Pergunta principal: O que você quer que a sua equipe alcance?

M — measurable, ou mensurável

Para que você tenha metas SMART, ela precisa ser medida. Como assim? Você deve ser capaz de acompanhá-la em termos de resultados e conseguir identificar todos os passos que foram dados ao longo do percurso até o seu alcance – ou não.

Portanto, quantifique o resultado que você espera atingir. Também defina os prazos estimados. Somente dessa forma você conseguirá fazer uma avaliação de todo o processo, desde a definição da meta.

Pergunta principal: Quais resultados você espera atingir? De que forma é possível saber se esses resultados foram alcançados?

A — attainable ou atingível

Outro critério é que as metas SMART exigem é que sejam reais, que seja efetivamente possível atingi-las dentro do prazo estipulado pela equipe envolvida. Metas inalcançáveis são desestimulantes e acabam frustrando a equipe.

Lembre-se que você precisa levar em consideração a situação da empresa e de tudo aquilo que pode interferir na meta, a exemplo do mercado. Portanto, pergunte-se, a partir do estudo de seu negócio, se é realmente possível e viável alcançar a meta. Avalie se a estrutura de sua empresa comporta aquela meta. 

Pergunta principal: É realmente possível alcançar essa meta com a estrutura que você tem?

R — relevant, ou relevante

A relevância indica que a meta precisa fazer sentido para o negócio, para a gestão e para os colaboradores que está à frente do plano de ação. As suas metas precisam trazer resultados significativos para os negócios. Essa projeção de resultados fará com que sua equipe se motive e trate a meta como uma prioridade.

Pergunta principal: A meta trará resultados significativos para o seu negócio? Ou é mais uma meta que não fará nenhuma diferença se atingida?

T — time based, ou temporal

Trabalhar com prazos é essencial. Os colaboradores envolvidos no plano de ação precisam saber exatamente quando começarão a atuar com foco naquela meta, qual o prazo que têm para alcançá-la. Definir o período de execução do plano de ações trará mais objetividade e estímulo.

Pergunta principal: Qual o prazo para conquistar a meta? Quando entra em vigor o plano de ação?

Agora é aplicar o conceito das metas SMART na prática.

x

Comments

Comments are closed.