Marketing Digital em um só Lugar: Criação de Sites, Inbound Marketing, Redes Sociais, Google Adwords, Google Street View e muito mais.

5 dicas para arrasar na criação de Posts-Satélite

Postado em 31 de janeiro de 2019 | por
na categoria Criação de sites, Marketing
tags , , , , , ,
com 0 e 0

A criação dessas postagens consiste em uma estratégia de SEO (Otimização para mecanismos de busca), que visa abordar completamente um tema e construir relacionamentos entre as palavras-chave. 

Posts Satélite

Falaremos sobre uma estratégia que, se for realizada da maneira correta, pode fazer toda a diferença no ranqueamento do seu blog: os Posts-Satélite.

Em 2015, o Google lançou um algoritmo que associa pesquisas anteriores a tópicos e frases semelhantes, com o objetivo de encontrar os melhores resultados das pesquisas: o RankBrain. Para classificar bem uma página no mecanismo de pesquisa SERP (Search Engine Results Page, que em português significa “Página de Resultados”), precisamos mostrar como as palavras-chave se relacionam umas com as outras.

Crie posts-satélite no site para informar ao Google que a sua fonte é confiável. Caso você ainda não tenha muita familiaridade com esse tipo de tática, confira algumas dicas:

  1. Escolha seu tópico

Comece por descobrir em qual assunto quer ser uma autoridade e, em seguida, crie conteúdo sobre esse tema para ajudar os futuros clientes a confiarem em sua marca. Estes tópicos devem mostrar que o seu produto ou serviço é diferenciado e superior ao da concorrência.

  1. Faça um Brainstorm dos subtópicos

Para criar Posts-Satélite é necessário antes fazer um Brainstorming. Estes subtemas te ajudarão a abordar detalhadamente os assuntos relacionados à temática principal. Pense em conteúdo relevante que o seu usuário procuraria ao pesquisar um serviço ou produto.

Ao definir quais serão os Posts-Satélite, é fundamental garantir que cada *mote seja abordado de maneira precisa, sem explorar outros assuntos.

Já o PostPilar deve fazer referência e explorar brevemente todos os Satélites mencionados anteriormente.

Se você escolher como tema principal “Exercícios físicos para a saúde”, por exemplo, utilize postagens que despertem atenção em alguém interessado em malhar: pense sempre no que ele esperaria ver ao pesquisar pelo termo.

A sessão de brainstorming pode criar várias postagens no blog, como, por exemplo:

– “Os melhores exercícios para a prevenção de doenças”;

– “Como os exercícios podem melhorar sua disposição”;

– “Saiba quais são as vantagens de praticar exercícios físicos”.

Ficou claro?

Uma ideia útil é pensar nas necessidades do público-alvo. A partir daí, elabore suas possíveis dúvidas, para então desenvolver o material ideal com o intuito de respondê-las.

Por exemplo, alguém que deseje iniciar ou retomar suas atividades físicas pode perguntar: “Quais são as melhores academias de ginástica em Salvador – BA?”

Viu? Para uma pergunta específica, as respostas só podem ser diretas.

  1. Não esqueça das palavras-chave

É indispensável que as palavras-chave focadas sejam relevantes quando se trata de classificação em SERPs. Otimize o seu conteúdo e as páginas da web em torno das palavras-chave, pois elas agregam ainda mais valor à estratégia, unindo a ideia principal que estará no Pilar.

Com seus Posts-Satélite desenvolvidos e a pesquisa de palavras-chave finalizada, sua próxima etapa é otimizar as páginas em torno dos novos temas e subtópicos. Certifique-se de adicionar o conteúdo existente para potencializar as novas palavras-chave adicionadas.

  1. Páginas-Pilar

Agora o próximo passo é desenvolver a postagem principal de referência: ela deve cobrir cada parte do tema escolhido, mesmo que resumindo cada um deles.

Para empresas B2B (Business-to-business), suas Páginas-Pilar podem ser as principais plataformas de serviço.

– Use imagens relevantes;

– Apresente conteúdo de alta qualidade;

– Os cabeçalhos devem ser atraentes;

– Quaisquer outros recursos adicionais, como gráficos personalizados e vídeos, devem mostrar sua experiência no tema em questão.

  1. Links!

Para mostrar aos mecanismos de pesquisa como seus temas e subtemas conversam entre si, vincule todas as suas páginas relacionadas. Sua postagem principal deve incluir links para todo o conteúdo dos subtemas, como: postagens internas e externas de blogs relevantes, estudos de caso, etc. Além disso, seus Satélites precisam ser vinculados à Página-Pilar.

Este é o passo mais importante quando produzimos a estratégia de Posts-Satélite. A ligação interna entre o assunto principal e as páginas subtemáticas demonstra aos buscadores que o conteúdo tem um relacionamento semântico. Resumindo: o Google entende e simpatiza com o fato de que essas palavras-chave estão conectadas e relacionadas entre si.

À medida que os mecanismos de pesquisa continuam a evoluir e se tornar mais inteligentes, os algoritmos de pesquisa continuarão se expandindo para incluir sinônimos e palavras-chave relacionadas nos resultados de pesquisa.

x

Comments

Comments are closed.