Agência de Marketing Digital em Salvador atendendo Aracaju e demais regiões do Brasil, referência em Criação de Sites e Inbound Marketing.

Google EEAT: o que é e como impacta o SEO

Postado em 20 de novembro de 2023 | por
na categoria Notícias, SEO
tags , , , ,
com 0 e 0

Tudo sobre o Google EEATA expressão Google EEAT é o conjunto de diretrizes impostas pelo buscador, com o objetivo de avaliar as páginas que estão na internet e determinar o seu rankeamento. Antigamente chamada de EAT, a sigla ganhou mais uma letra, ou seja, mais um critério de avaliação. Hoje, ela significa: Experience, Expertise, Authoritativeness e Trust. Ou seja, em livre tradução, Experiência, Especialização, Autoridade e Confiabilidade. Nesse artigo, explicaremos como funciona a sigla, quais os impactos do Google EEAT no seu site e dicas para atender a seus critérios de avaliação.

Conceito e importância do Google EEAT

Quando você faz qualquer tipo de busca pelo Google, a página lhe oferece inúmeros links como respostas. Mas existe uma ordem de prioridades ali, e essa ordem não é você quem define, é o Google. Depois que você insere a palavra a ser pesquisa, o Google rapidamente acessa o seu banco de dados e te oferece uma lista de links. E é aqui que entra o tal do Google EEAT, porque é ele que vai determinar essa ordem de prioridades que será apresentada nas respostas a suas buscas. 

Portanto, Google EEAT é um conjunto de orientações e diretrizes estipuladas pelo buscador que servem para avaliar o conteúdo de tudo o que é colocado na internet, a fim de determinar a posição em que aquele conteúdo aparecerá nas pesquisas do usuário. Resumindo, se você que posicionar bem a sua página e se quer montar uma estratégia de crescimento do negócio por meio de buscas orgânicas, precisa entender muito bem dessa sigla. 

Atualização da sigla: do EAT para o EEAT, o que mudou?

Como adiantamos no início do texto, o Google incluiu uma nova letrinha à sigla, adicionando a Experiência como mais um critério de medição de qualidade de conteúdo, que interfere no ranqueamento. Essa atualização aconteceu em dezembro de 2022.

Até dezembro de 2022, o Google avaliava a especialização, a autoridade e a confiabilidade do conteúdo, para fins de classificação de pesquisa. Então, existia uma análise acerca da utilidade e relevância da informação. Com a inclusão da experiência entre os requisitos, o buscador passou também a considerar o nível de experiência na produção daquele conteúdo. Ou seja, quanto mais exclusivo, inédito e específico o conteúdo, melhor será sua pontuação

O que isso significa em termos práticos? Que o Google agora avalia a real experiência da criação do conteúdo. Assim, os conteúdos generalistas, criados a partir de cópias do que já está disponível na internet, vão perdendo espaço. A prioridade agora é se esse conteúdo é inédito, se partiu da experiência do criador com aquele produto ou serviço específico, se o criador do conteúdo realmente domina aquela área, se é especialista naquilo. 

Entendendo cada um dos critérios

A análise do Google, como adiantamos, parte da compreensão desses quatro critérios: Experiência, Especialidade, Autoridade e Confiabilidade. Vamos entender agora o que cada um significa. 

Experience ou Experiência

É a nova diretriz, que já adiantamos acima. Assim, um bom conteúdo é aquele que demonstra ter sido escrito por alguém que tenha vivenciado uma experiência concreta com aquele tema. Ou seja, o conteúdo traz uma experiência real do usuário. Aqui entram a originalidade, o ineditismo, o grau de experiência do criador. 

Segundo as palavras do próprio Google, o criador precisa ter uma experiência de vida com aquilo sobre o que escreve. Ele precisa demonstrar esse grau de vivência pessoal. 

Expertise ou Especialização

A especialização se conecta com a experiência. Embora pareçam conceitos similares, cada um deles traz uma diretriz específica relacionada ao domínio daquele conhecimento. Então, a especialização trata do grau de habilidade, de conhecimento, de especialização mesmo do criador do conteúdo. O domínio do conhecimento sobre o tema é um importante fundamento de ranqueamento para o Google. 

Authoritativeness ou Autoridade 

Por sua vez, a autoridade tem relação com a fonte da informação. O criador de conteúdo precisa ser identificado como alguém considerado uma referência naquele tópico, que entende do assunto.  

Trust ou Confiabilidade

A Confiança encabeça a lista, sendo o critério de maior relevância dentro do conjunto de diretrizes do EEAT. Isso significa que, ainda que a página demonstre autoridade, experiência e especialização, se ela possui um baixo nível de confiança, o seu rankeamento cai drasticamente

Como atender ao Google EEAT e ficar bem rankeado

Se você quer aparecer nas primeiras páginas do Google, precisa dominar o conceito e os critérios do Google EEAT. O conhecimento aprofundado desse combinado de diretrizes é o que fornece as ferramentas necessárias para se destacar no buscador. 

Mas além do conhecimento técnico que envolve o algoritmo do Google, é necessário também saber escrever bem, utilizando as técnicas de SEO e a linguagem adequada para o público-alvo.

Aparecer nas primeiras páginas do Google, portanto, requer atenção para um grupo considerável de fatores que atuam conjuntamente e de forma decisiva nos critérios de avaliação do buscador

Assim, o ideal é buscar os serviços de uma empresa especialista em produção de conteúdo para internet, que domine o funcionamento do Google, o SEO, as boas práticas de texto e se dedique a compreender o público-alvo, o tom de voz da empresa, experiência do cliente, quer mergulhe em sua área de atuação. Entre em contato com a Abrasivo Digital e conquiste um posicionamento de destaque no Google. 

x