Agência de Marketing Digital em Salvador atendendo Aracaju e demais regiões do Brasil, referência em Criação de Sites e Inbound Marketing.

Como fazer um briefing e para que serve? Aprenda agora

Postado em 22 de agosto de 2022 | por
na categoria Dicas, Marketing, Notícias
tags , , , ,
com 0 e 0

Dicas de como fazer um briefing perfeitoO briefing é um documento indispensável para quem busca assertividade, eficiência e resultados em projetos e nos trabalhos e campanhas de comunicação e marketing. Ele é também conhecido pela expressão Pedido Interno de Trabalho, carinhosamente apelidado de PIT. Ou seja, é a descrição concisa e clara de uma tarefa, trabalho ou projeto que precisa ser realizado. Portanto, para que seu produto final funcione bem, você precisa aprender a fazer bem esse documento. Por isso, te ensinaremos aqui como fazer um briefing de sucesso.

O que é o briefing?

O briefing é um documento, por escrito, que reúne informações estratégicas para direcionar o desenvolvimento de um projeto ou a solução de um problema. Portanto, o briefing servirá como um guia, a fim de auxiliar a criação do produto final. Ele vai conectar os objetivos do projeto em si com os objetivos e valores da empresa.

Dessa maneira, o briefing precisa apresentar o problema que você identificou e a proposta de solução. Ou, ainda, pode ser o documento preparado a partir das orientações do cliente sobre o que ele quer que você produza.  Portanto, o briefing vai guiar todo o processo de planejamento e também de criação.

Depois de finalizado, esse documento é distribuído por todos que participarão do projeto. Assim, cada membro da equipe terá acesso a informações relevantes que deverão guiar suas ideias, sugestões e ações. Mas para que a prática funcione como diz a teoria, é fundamental aprender como fazer um briefing perfeito. 

E é importante lembrar aqui que o briefing é muito importante, inclusive, para montar o seu planejamento estratégico de marketing

Qual o tamanho ideal?

Aqui não resposta certa, então depende. O briefing deve ter o tamanho que se fizer necessário para esclarecer o projeto a todos os participantes da equipe responsável pelo projeto. Portanto, o tamanho do briefing está diretamente ligado ao tipo e dificuldade do projeto a ser desenvolvido. Ou seja, quanto mais complexo, certamente maior será o briefing. 

Porém é preciso deixar claro que o tamanho não é o mais importante. Sobretudo se você utiliza uma linguagem objetiva, clara e acessível a todos os envolvidos no projeto. Quanto mais clareza, melhor. Afinal, os profissionais terão como base para o desenvolvimento de cada etapa justamente as especificações constantes no briefing. Então, em vez de pensar em tamanho, pense em utilidade. 

Importantes funções

  • Serve como um contrato formal firmado entre os participantes do projeto;

  • Define o passo a passo, atuando como um guia e um roteiro;

  • Torna-se documento oficial, evitando ruídos na comunicação entre os envolvidos no projeto.

Exemplos de ações em que o briefing não funcionou e a campanha deu errado

Você já parou para observar quantas mensagens dão errado e acabam criando problemas e até gerando crises para as marcas? Pois vamos relembrar aqui alguns casos que já aconteceram no marketing e que se tornaram verdadeiros tiros nos pés da própria empresa.

A loja de roupas Zara, certa vez, utilizou duas modelos bem magras em uma campanha com a frase “ame suas curvas”. Claro que o resultado não foi o desejado, e o assunto foi parar nos holofotes, mas de maneira negativa. 

E isso não acontece apenas no Brasil. Outro caso histórico foi da rede de chocolates Hershey’s. Para comemorar seus 50 anos no México, a marca criou uma propaganda em que influenciadores distribuíam chocolates entre pessoas vulneráveis na rua e fotografavam ao lado deles. A ação foi considerada oportunista e de mau gosto.

Outra marca de roupas, a H&M passou por maus bocados ao criar uma campanha em que uma criança afrodescendente vestia uma blusa com a frase “O macaco mais legal da selva”. Por outro lado, na mesma campanha, a frase na blusa do menino branco era “Especialista em sobrevivência”. A campanha foi vista como racista, e a marca foi obrigada a tirá-la do ar e pedir desculpas públicas. 

Esses são apenas alguns exemplos dos milhares de casos. E observe que se tratam de empresas grandiosas, mundialmente conhecidas. E qual foi o erro delas? Certamente, dentre os possíveis problemas, houve uma falha no briefing.

Vantagens de aprender como fazer um briefing 

  • Reduzir os riscos de erros e falhas;

  • Orientar melhor a equipe no processo de produção do produto;

  • Economizar recursos;

  • Esclarecer os objetivos;

  • Fazer o levantamento dos recursos necessários;

  • Definir prazos;

  • Agilizar o tempo das entregas;

  • Garantir mais assertividade e eficiência e, consequentemente, os resultados desejados. 

Etapas de como fazer um briefing perfeito

Inicialmente, antes de escrever a primeira palavra no briefing, você precisa ter bem definido o que você quer com aquele projeto. Que mensagem você pretende passar? Especialmente na área de comunicação, é fundamental se perguntar o que você busca comunicar com aquele produto. E ir mais além, pensar em construir conceitos e fundamentos. Dessa forma, é fundamental agendar uma reunião entre os envolvidos, para discutir essas questões antes de passar para a fase do papel.

A partir daí, é colocar a mão na massa. Ou seja, passar para o papel os seus objetivos com aquele projeto. Em seguida, determinar os recursos humanos e técnicos que serão necessários; definir os prazos e o orçamento; indicar eventuais restrições técnicas; levantar a concorrência e o público; propor a solução. De forma didática, dá para utilizar o roteiro abaixo de como fazer um briefing e adaptá-lo a sua necessidade:

  • Identificar a natureza do projeto, seu contexto e objetivos;

  • Fazer a análise setorial, a fim de analisar o segmento de atuação;

  • Levantar as informações sobre o público-alvo;

  • Reunir informações sobre perfil e portfólio da empresa;

  • Definir prazos e orçamento;

  • Abordar as restrições e objeções já existentes;

  • Definir as estratégias e indicar possíveis soluções;

  • Definir a equipe responsável pelo projeto;

  • Indicar informações adicionais relevantes (por exemplo, experiências anteriores, detalhes sobre clientes etc).

Depois que o briefing estiver pronto, tenha cuidado de distribuí-lo entre todos interessados, incluindo as pessoas que podem ser demandados para alguma tarefa específica em algum momento. Elas precisam ter conhecimento de como e para que o projeto foi pensado. 

Agora que você já sabe como fazer um briefing, é só colocar em prática! E se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários, que te ajudaremos a esclarecer.

x