Marketing Digital em um só Lugar: Criação de Sites, Inbound Marketing, Redes Sociais, Google Adwords, Google Street View e muito mais.

Instagram: aprenda a evitar os 5 erros mais frequentes nas postagens

Postado em 7 de março de 2018 | por
na categoria Geral, Mídia Online
tags ,
com 0 e 0
O Instagram é uma das maiores redes sociais da atualidade. Para que a estratégia digital do seu negócio não fique em risco, o ideal é evitar as ações que causam prejuízo, adotando medidas assertivas.



O engajamento e reputação de sua marca são muito valiosos para que você os veja escorrendo pelo ralo devido a erros que podem ser evitados. Para lhe auxiliar a conseguir resultados melhores, reunimos alguns dos equívocos mais comuns cometidos no Instagram, rede social cujo papel é cada vez mais relevante para as empresas. Vamos saber quais são eles?

1) Conteúdo sem planejamento

O planejamento do conteúdo é fundamental para alavancar os resultados de sua marca. Deixar de planejar tem sido um dos principais erros cometidos no Instagram. Isso ocorre, porque, sem a devida organização, fica impraticável mensurar a relevância de suas ações.

Uma das dicas é planejar todo o conteúdo da semana logo na segunda-feira. Assim, fica mais fácil definir objetivos, programar os posts e medir, ao fim dos cinco dias, se estamos nos comunicando da maneira adequada. Você sofre com a falta de tempo ou de recursos para investir na contratação de um profissional? A sugestão é adquirir uma plataforma de automatização do Instagram. Com sua conta otimizada, será possível agendar os posts para serem publicados quando quiser. Outros recursos disponíveis são:

• Segmentação de público alvo; • Geração de relatórios personalizados; • Automatização de mensagens diretas, das opções curtir, seguir e deixar de seguir.

2) Utilizar muitas hashtags genéricas 

Sabia que, ao utilizar um grande número de hashtags (principalmente termos genéricos ou muito comuns) sua marca pode ser vista como uma fonte de spam?

Inicialmente, pode até parecer inteligente marcar muitas hashtags no post a fim de que ele alcance diversas pessoas. O problema é que, boa parte — para não dizer a maioria — dos usuários vai ignorar a sua postagem, porque a concorrência com outras publicações é grande.

Eles irão vê-la, mas não farão qualquer interação, como curtir, seguir ou comentar, o que comprometerá o sempre desejado engajamento, ou seja, os algoritmos do Instagram entendem que o seu conteúdo é irrelevante. Veja algumas boas dicas no uso das hashtags:

• Procure utilizar termos mais segmentados e focados nos seguidores que realmente se interessam pelo conteúdo; • Use até 5 hashtags na descrição da postagem; • Marque até 15 hashtags relevantes no primeiro comentário.

3) Postagens em horários diferentes

Quanto mais usuários online, maiores são as chances de o conteúdo ser visto e distribuído de forma orgânica. Esse engajamento permite que o post fique no topo do feed dos seus seguidores e vá parar no Instagram Explorer. Isso significa dizer que, uma vez que você descobrir qual é o melhor horário do dia para alcançar o público do seu negócio, o próximo passo deve ser postar justamente nesse momento, pois, quando os primeiros seguidores interagirem com a postagem, ela será impulsionada e aparecerá para mais pessoas ativas naquele instante.

4) Imagens de baixa qualidade no Instagram

Já sabemos que o Instagram é uma plataforma extremamente visual, não é mesmo? Através dela, os usuários buscam exibir ou expressar algo utilizando vídeos, fotos e GIFs. Daí a importância de você utilizar somente imagens de alta qualidade para se comunicar com o seu público. Do contrário, ele ficará com a ideia de que sua marca é desorganizada, despreocupada e sem credibilidade – um cartão de visita que ninguém quer.

5) Esperar bons resultados com a compra de seguidores

Aquela velha máxima de que a qualidade vale mais do que a quantidade também se aplica ao Instagram. Cada vez mais recorrente, a prática de adquirir o número máximo possível de seguidores tem se mostrado um “tiro no pé” de muita gente. Ela não é indicada porque oferece apenas números, e não usuários capazes de se engajarem com o seu negócio. Pior: além da falta de segmentação que proporciona, boa parte desses seguidores podem ser fakes.

Achou este artigo interessante? Sua empresa precisa de uma agência com expertise em redes sociais? Entre em contato com a equipe da Abrasivo: https://www.abrasivodigital.com.br/contato/
x

Seja o primeiro a escrever um comentário!

Adicionar Comentário