Marketing Digital em um só Lugar: Criação de Sites, Inbound Marketing, Redes Sociais, Google Adwords, Google Street View e muito mais.

Google, Facebook e Viber disponibilizam serviços para ajudar vítimas no Nepal

Postado em 30 de Abril de 2015 | por
na categoria Geral, Mídia Online, Sem categoria
tags , , , , ,
com 0 e 0

Google e Facebook acionaram os seus aplicativos com o objetivo de auxiliar a população do Nepal a encontrar seus familiares e amigos. Já o Viber disponibilizou ligações gratuitas do país através do seu aplicativo.Google, Facebook e Viber disponibilizam serviços para ajudar vítimas no Nepal

O anúncio do Viber foi realizado no Twitter, onde a empresa afirmou que os seus serviços pagos, como o Viber Out, estão desbloqueados e permitindo que qualquer nepalês o utilize para contatar amigos e familiares.

O Viber está disponível em uma variedade de sistemas operacionais, o que também é benéfico para que mais pessoas possam utilizar os seus serviços. Atualmente, o serviço conta com aplicativo para iOS, Android, Windows Phone, Windows, BlackBerry, OS X, Symbiam e funciona com conexões 3G, 4G e Wi-Fi para realizar chamadas.

O Google também anunciou nesta segunda-feira (27) que irá oferecer chamadas para o Nepal por meio do Google Voice a 1 centavo de dólar por minuto, valor bem abaixo dos 19 centavos de dólar praticados normalmente. A estratégia de disponibilizar as ligações por 1 centavo e não gratuitamente tem como objetivo impedir que spammers utilizem indevidamente o serviço.

Já o Facebook, por intermédio de Mark Zuckerberg, anunciou neste fim de semana que o Central de Segurança da rede social permitirá que pessoas que estão na área afetada pelo desastre no Nepal enviem mensagens aos seus amigos dizendo que estão seguras. O aplicativo detecta automaticamente se o usuário está em uma área de catástrofe e faz uma pergunta para notificar amigos e parentes de que a pessoa está bem.

Por possuírem serviços tão populares em todo o mundo, Viber, Google e Facebook poderão realmente fazer grande diferença nas comunicações em um momento tão delicado no cotidiano dos habitantes do Nepal.

Via canaltech.com.br

x

Seja o primeiro a escrever um comentário!

Adicionar Comentário